Expressões de Estilo – Parte IV

Passei uns dias “fora da internet”, pois precisava rever alguns trabalhos e, inclusive repensar os artigos aqui para o blog. Acredito que seja sempre muito produtivo um “time off”, de vez em quando. Pois bem, hoje estou retomando as atividades por aqui e peço desculpas pela falta de atualização na semana que se passou.

Hoje é dia de mais uma parte da série Expressões de estilo e, por isso, sem mais delongas, vamos a ela. Lembrando que, para quem está lendo pela primeira vez, gostaria de deixar claro que, as expressões em questão são mais comumente usadas em países de Língua Inglesa. Portanto, a título de curiosidade, vale a pena dar uma lida. As expressões estão ligadas a peças de vestuário.

“Sob seu cinto” – (“Under your belt”)

Esta é uma expressão metafórica que data do início dos anos 1800 e que compara algo que foi consumido àquilo que está sendo digerido. Uma vez tendo aprendido alguma coisa e tendo o domínio de tal conhecimento, você tem isso “sob seu cinto”, tal qual em “Ela costura “sob seu cinto” (“She has sweing “under her belt”).

“Vestir as calças” – (“Wear the pants”)
Durante séculos, apenas os homens usavam calças, uma vez que eles são biblicamente e historicamente os líderes da família. “Vestir as calças” significa liderar, prover e proteger. Se não houver a figura do marido, a mulher é quem “veste as calças” e, se caso uma mulher acabe provendo o sustento da família em lugar do marido, mesmo que ele seja presente, diz-se que ela é quem “veste as calças” em favor da família.

Por outro lado, uma “saia” é uma gíria para homens, tal como em “Ele caça saias” (“He chases skirts”)

“Formigas nas calças” – (“Ants in your pants”)

O que você faria se realmente estivesse com formigas dentro das calças? Você possivelmente sairia pulando por aí, tentando se livrar delas, não? Assim, é alguém que tem “formigas nas calças”, em sentido figurado. A pessoa não consegue se manter parada.

“Calcinha torcida” – (“Knickers in a twist”)
Calcinha (Knickers) é uma palavra de origem Britânica que designa a roupa de baixo feminina. Se a sua calcinha estiver toda enrolada, torcida e cavada, é até complicado pensar em alguma outra coisa, não? Essa expressão se refere àqueles momentos em que nos sentimos excessivamente agitados, irritados e com a ideia fixa em alguma coisa. Datando de 1971.

“Cavar (Queimar) um buraco no bolso” – (“Burn a whole on your pocket”)

Você gasta mais do que poupa? Tem medo de que, caso guarde um dinheiro no seu bolso, você vá acabar cavando um buraco através dele? Você não está sozinho e já faz bastante tempo, MESMO. Este é um ditado que se originou no início dos anos 1500.

Advertisements