Sustentabilidade na Indústria da Moda Italiana

A grande maioria das marcas italianas acredita em produtos mais sustentáveis. De acordo com pesquisa encomendada pela Camera Nazionalle della Moda, 60% das empresas de design italianas acreditam que existe a necessidade de inovação na indústria, a fim de criar produtos mais ecológicos. Entretanto, apenas 23% dessas empresas já adotaram um sistema de gestão eco-friendly.

O grande objetivo é conquistar uma insústria da moda que seja “mais verde do que nunca”, foi o que disse Mario Boselli, presidente da Camera Nazionalle della Moda, durante uma coletiva de imprensa realizada em Milão esta semana, para delinear os resultados da pesquisa. O objetivo da Câmara para os próximos meses é a criação de um manual para dar indicações precisas sobre as políticas de sustentabilidade, tanto para a indústria quanto para os consumidores, além de um “selo verde” que será usado para identificar os produtos confeccionados com tecidos e materiais sustentáveis.

“A moda tem que levar conteúdo e ética”, disse Boselli que tinha ao seu lado Anna Zenga, vice-preisdente da Camera Nazionalle della Moda e delegada para assuntos ecológicos e do meio ambiente – cargo que ocupa desde 2010.

Fonte: WWD

Advertisements