O certo e o errado na hora de usar o cinto.

O cinto é um acessório que vem ganhando cada vez mais destaque na composição de outfits. Se antes ele era apenas lembrado na hora de manter as calças no lugar, agora ele passa a figurar como um acessório fashion, quase indispensável na montagem de looks, sejam eles casuais ou de festa. Porém, assim como outros acessórios, o cinto pode dar um up ao seu visual ou estraga-lo por completo. Confira agora algumas dicas para não errar na hora de usar o cinto nas suas composições.

Emma Watson, Catherine Middleton, Patricia Poeta e Victoria Beckham aproveitando todo o charme do cinto em suas produções.

– Se você tem seios fartos, evite a todo o custo usar o cinto acima da região da cintura. O ideal é que você o use, de preferência um modelo mais largo, na altura do quadril. Assim você evita chamar ainda mais atenção para a região do colo.

– Para quem tem seios pequenos, pouca cintura e quadril estreito, o cinto fino é o mais adequado e, a maneira ideal de usá-lo é na altura do quadril.

– Cinto largo é a melhor escolha para quem tem quadril largo, seios fartos e cintura fina. Cintos finos devem ser evitados.

– Um dos maiores erros cometidos pelas pessoas é achar que quem é mais gordinho deve usar cinto fino. O ideal é usar um cinto que não marque demais as formas e que siga as proporções do seu corpo.

– Cinto fininho com nó está na moda, mas você sabia que o modelo ideal é aquele que seja comprido o suficiente para que, após dado o nó, a parte pendurada chegue até o início da coxa? Fica charmoso e despojado. Ah! E não precisa apertar demais, ok?

– Com o que usar? Vestidos, saias longas, calça… O que o seu estilo determinar.

Beijos e até amanhã.

Anúncios