Vancouver Fashion Week – Dia 3

A semana de moda canadense chegou à sua metade. Ontem à noite aconteceu o terceiro dia de desfiles e, mais uma vez, o Live Stream, patrocinado pela Foy Media Group estava a todo o vapor, proporcionando uma imagem de qualidade e possibilitando ao mundo conferir cada uma das coleções, de marcas de várias partes do globo, em tempo real. Posso afirmar que muita coisa legal aconteceu por lá. Confira abaixo as informações, fotos e as minhas impressões sobre os desfiles.

Pure Elegance by Parna Ghose
A designer Parna Ghose que é nascida na India, mas vive nos Estados Unidos, abriu a terceira noite de desfiles levando para a passarela uma coleção que tinha por tema a mistura de etnias. As peças traziam belíssimas aplicações, que deram um brilho extra à coleção. Na cartela de cores, um mix de tons vibrantes, quentes e frios, que lembram jóias preciosas. O mix de tecidos e estampas deu um toque moderno para vestes tradicionais. Os vestidos eram todos em comprimentos que variavam do um pouco acima do joelho ao longo e os tecidos eram, em sua grande maioria, fluídos, denotando ainda mais feminilidade. Peças para vestir à noite e em ocasiões formais, como foi dito pela própria designer, em entrevista após o desfile.

Angel Eye
A marca inglesa, nascida na cidade de Londres levou para a passarela shapes geométricos, muitas cores, vestidos fluídos, jeans, blusas, estampas florais e divertidas e brilho. Na cartela de cores, destaque para o amarelo, o azul, o preto e o vermelho. A maioria das peças não marcava muito a silhueta, porém isso não impediu que algumas delas mostrem as curvas do corpo feminino, evidenciando-as. Uma coleção que agrada a diversos tipos e estilos, com certeza.

Well-groomed
O sul da ásia foi a inspiração do design da marca canadense Well-grommed. Muitas cores, aplicações com brilhos, estampas diversas e um mix de tudo isso foi o desfilado pela marca, na noite de ontem, pela Vancouver Fashion Week. Alguns dos vestidos traziam lindos decotes, principalmente nas costas. Uma característca marcante de todas as peças é o volume e o balanço. O comprimento varia de um pouco acima do joelho ao longo. Havia também na coleção, calças e corpetes. Atenção aos sapatos que foram adornados com cristais. Um luxo!

Bano eeMee
Na primeira metade do desfile, de forma extremanente criativa, o próprio designer da marca foi tirando jaquetas e sobreposições de uma modelo, que ficava parada bem no início da passarela, e foi vestindo as demais que iam adentrando o catwalk. Na coleção da Bano eeMee é possível encontrar peças sofisticadas, embora confeccionadas em linhas simples. Atenção aos blazers de alfaiataria que possuem uma corrente como “abotuadura”. Dentre os tecidos utilizados destacam-se o couro, o veludo e a renda. Na cartela de cores tons inverais e terrosos. Uma coleção que tem por objetivo o mix & match e isso pode resultar em conjuntos casuais, elegantes ou formais. Muito chique.

Harricana par Mariouche & Janet Theresa
Essa coleção é uma das mais invernais que desfilaram até agora na passarela da VFW. A Harricana, marca conhecida em vários países do mundo, levou para o catwalk acessórios feitos de pelo reciclado. Destaque para os statement hats e as bolsas. Além dos pelos também fazem parte da coleção peças estampadas e outras em tons terrosos. A Harricana não deixará de levar brilho ao inverno e muito menos tendências, como algumas que já vimos por aí. Um exemplo disto é o belo vestido brilhante de uma única manga longa. Atenção às jóias usadas pelas modelos! Aliás, como não prestar atenção? Tudo de muito bom gosto!

Algumas das jóias utilizadas pelas modelos na passarela da Harricana.

Jenny Grettve
A marca da designer e arquiteta suíça Jenny Grettve levou para a passarela uma coleção inspirada nas roupas esportivas de jersey e malha. Ela usou mix de tecidos e uma cartela de cores que contém tons de cinza, preto, branco e off-white. Calças, blusas e vestidos de golas altas e detalhadas e uma silhueta clean e estruturada são parte da coleção. Atenção para a barra dobrada nas calças, mais uma tendância que já vimos por aí e que se repete na Van Fashion Week. Outro detalhe que chama bastante atenção é a maquiagem feita nas modelos; círculos de cor laranja ao redor dos olhos e uma sobrancelha super grossa.

Anúncios