Sobre as cores… (Parte IV)

Hoje vamos finalizar o assunto “cores”, pelo menos por um tempo. Eu ainda voltarei a tratar do assunto aqui no blog, mas será mais para a frente, quando tratarei do tema “contraste entre as cores”.

Neste último post sobre como harmonizar as cores de maneira a conseguir um visual que agrade aos olhos, vamos falar de alguns tipos de harmonia e também de monocromia. Para quem se interessar em ler as demais partes desta série de artigos, basta clicar nos links descritos abaixo.

Parte I – Círculo Cromático

Parte II – Cores Complementares

Parte III – Cores Análogas

Trios Harmônicos (Tríade) ou Harmonia 120º

Quando usamos os trios harmônicos adquirimos equilíbrio entre cores que são contrastantes, dando assim maior riqueza ao look. A tríade é conseguida escolhendo-se uma cor qualquer do círculo cromático, deixando um espaço de 3 (três) cores entre ela e a próxima (a quarta cor), formando-se assim ângulos de 120º, em um triângulo equilátero.

Harmonia 90º

Quando a escolha das cores gera um quadrado, temos a harmonia de cores em 90º. Para que isto aconteça basta escolhermos uma cor, deixarmos um intervalo de duas cores entre a escolha feita e a combinarmos com a terceira. Desta escolha sempre resultarão duas Cores Complementares.

Harmonia 60º

Se o que você deseja é uma harmonia entre cores que gere bastante contraste, basta usar três cores intercaladas, gerando um ângulo de 60º.

Monocromia

Consiste em um esquema onde se usa apenas uma cor, podendo ser esta primária, secundária ou terciária, porém ela ganha variações de saturação, tons e contraste gerando diveras tonalidades. Uma maneira de usar a monocromia é combinando as tonalidades conseguidas com o preto ou o branco. O único cuidado que se deve ter é para não cair na monotonia já que o contraste que se consegue é geralmente muito baixo ou nenhum.

Aqui finalizamos esta parte sobre a harmonia das cores. Futuramente estarei fazendo mais artigos sobre o assunto.

Até lá.

 

 

 

Advertisements