SPFW – Verão 2013 – Dia 5

Hoje acordei doentinha, com muitas dores pelo corpo e isso me impediu de fazer o update do blog da maneira como eu gosto, ou seja, colocando a informação aqui a medida que ela chega até mim. Porém, o mais importante é não deixar de colocar as informações. Portanto, abaixo você confere o review de tudo o que aconteceu nas passarelas do quinto dia de desfiles do SPFW, edição de primavera/verão 2012-2013.

Reinaldo Lourenço

O desfile de Reinaldo Lourenço para a próxima estação veio cheio de elementos de uma embarcação chamada Riva. Uma lancha luxuosa, na qual o estilista fez questão de nos “levar para passear” pelas água do Mar Mediterrâneo. A coleção tem uma pegada esportiva, mas com uma passeada pela elegância da alta costura dos anos 1960. A silhueta das peças veio bastante estruturada, geométrica, ovalada e com ombros arredondados, mas não deixaram de figurar, mais para o final do desfile, silhuetas com a cintura mais marcadinha e com decotes que revelam a beleza do colo e das costas. Em relação aos comprimentos, os curtos predominam. Destaque para o interessantíssimo mix de materiais em um mesmo look. Na cartela de cores se destacam o branco, o azul, o preto, o tangerina, o mostarda, tons de rosa, vermelho. Uma das melhores coleção até o presente momento.

Alguns looks do desfile.

R. Rosner

A marca levou para a passarela, em seu segundo desfile pelo SPFW, um verão inspirado na Hungria do século XIX.  Na cartela de cores o branco predominou, mas também houve a presença de cores como preto, laranja e turquesa. Os vestidos vieram esvoaçantes e a renda figurou como principal material na confecção dos looks e apareceu ora delicada, ora mais rústica. A coleção estava muito feminina e agradará demais quem tem um estilo mais romântico. Franjas de canutilhos, cristais e plumas deram um ar mais chic às peças, além de dar também mais movimento às mesmas. Saias e calças também fazem parte da coleção de verão de Rodrigo Rosner. Destaque para o bordado de maxiflores e estampas bastante femininas, que deixaram a coleção ainda mais bonita.

Alguns looks do desfile.

Glória Coelho

A proposta de verão 2013 de Glória Coelho veio pautada em uma  inspiração bastante interessante: o trio tecnologia, física quântica e o ano de 2035, dentre outros. Duas das marcas registradas da estilista não faltaram neste desfile, a saber, peças em couro e os ombros de shapes arredondados. Os looks vieram leves e os vestidos ganharam linhas retas de couro combinados a tules finos. Os ombros arredondados ganharam ainda o aspecto plastificado. Já  o código binário, que é mais uma das inspirações de Glória para a confecção desta coleção de verão, apareceu nas estampas. Destaque para a feminilidade dos looks, aparecendo principalmente nas saias evasê e nas fileiras de cristais Swarovski, que foram aplicados nas blusas de shape estruturado, por exemplo.

Alguns looks do desfile.

Alexandre Herchcovitch (Masculino)

Um clima de guerra invadiu a passarela de verão de Alexandre Herchcovitch. É que a inspiração do designer para a sua coleção masculina foi nada mais, nada menos do que as batalhas entre os Estados Unidos e seus aliados e o Japão, durante a Segunda Guerra Mundial. Para incrementar este clima de guerra, haviam jornais espalhados pela passarela, que continham a seguinte manchete: “Japão declara guerra aos Estados Unidos e à Inglaterra.” Obviamente a coleção veio com uma forte pegada militar, com casacos decorados por broches e botões, lembrando condecorações e tTrês grandes surpresas se fizeram presentes durante o desfile. A primeira foi o fato de o designer ter dado leveza a um tema que carrega sempre tanto peso. Isto aconteceu através das estampas divertidas de esqueletos, aviões e foguetes nas camisas de manga longa, por exemplo. A segunda foi o uso de cores inusitadas, como o azul e o laranja e a terceira e grande surpresa deste desfile de verão 2013 foi a presença do ator global Cauã Reymond que encerrou a apresentação da marca.

Alguns looks do desfile.

Vitorino Campos

Estreando nas passarelas do SPFW, o estilista baiano Vitorino Campos apresentou uma coleção que foi pautada pelo minimalismo e pela feminilidade. A cartela de cores veio repleta de branco e preto, ressaltando ainda mais o tom minimalista da coleção. As peças estavam passearam entre o extremamente feminino, com vestidos acinturados e saias rodadas e também por certa rigidez, com peças como calças cigarretes e tops estruturados com mangas no estilo quimono. Detalhe para o fato de que todas as peças da coleção de verão 2013 de Vitorino Campos terem sido confeccionadas com seda. Um minimal chic e elegante, para uma mulher que sabe bem como destacar os pontos positivos e esconder os pontos negativos do corpo dela.

Alguns looks da coleção.

Lino Villaventura

Fechando a penúltima noite do SPFW, a coleção de primavera/verão 2012-2013 que Lino Villaventira levou para a passarela continha “obras de arte” em foma de vestimenta. Aliás isso é algo que o estilista sabe fazer muito bem. Os vestidos de festa foram confeccionados com organza de seda, jacquard e tafetá de seda. Estes materias foram responsáveis por dar ainda mais beleza e elegência aos looks. Haviam ainda bordados de cristais, dando um brilho todo especial às peças da coleção, incluindo máscaras e acessórios. Mix de tecidos e texturas se fizeram notar, assim como recortes, e franjas. Destaque para as transparências, colocadas estratégicamente na região dos glúteos e na região pélvica, imprimindo muita sensualidade às peças masculinas. Na cartela de cores tons de dourado, roxo, vermelho, preto e prata. Um desfile teatral, belo e incrivelmente interessante. Ah! Também teve tombo de modelo na passarela, na fila final da apresentação. Será que ela se inspirou no vídeo que postei ontem aqui no blog?

Alguns looks do desfile.

Anúncios