Paraty Eco Fashion

Nos próximos dias 14, 15 e 16 de setembro acontece em Paraty, RJ, a  segunda edição do Paraty EcoFashion, evento com foco na sustentabilidade que, desta vez, amplia o seu olhar para além da Moda para chegar aos objetos como um todo e alcançar o design sustentável também nas áreas de Arte e Decoração.

Integrado por exposições, palestras, oficinas e workshops sobre a sustentabilidade no artesanato e no design, o Paraty EcoFashion nasceu para promover a união entre as comunidades periféricas da região, artistas plásticos, outros profissionais e instituições renomados. Tudo para chegar a uma “costura” bem feita, que “alinhava” de forma caprichada e bonita a tradição local dos moradores com a visão e a técnica apuradas de profissionais experientes, visando a inclusão efetiva das populações com pouco acesso à informação sobre Design e Moda.

Assim, neste ano, com seu leque mais aberto, o Paraty EcoFashion abriu também maiores chances às comunidades envolvidas, que se viram com mais liberdade para utilizar seus conhecimentos sobre materiais e técnicas tradicionais de baixo impacto ambiental em suas produções de objetos. E o mesmo estímulo à produção artesanal social e ambientalmente sustentável permaneceu vivo na área da Moda, não apenas valorizando a cultura local, mas também  trazendo à tona um debate sobre os princípios éticos e estéticos da produção contemporânea.

O Instituto Colibri, que idealizou e promove o Paraty EcoFashion convidou o Instituto Zuzu Angel, o tecelão e designer de artesanato Renato Imbroisi, a artista têxtil Sandra Thaumaturgo e o artista plástico paratiense Lúcio Cruz, entre outros, para trabalharem junto a seis comunidades tradicionais do município de Paraty, oferecendo capacitação às populações do Pouso da Cajaíba, de Trindade, Praia do Sono, Ilha do Araújo, do Quilombo do Campinho da Independência e da Aldeia Indígena de Paraty-Mirim. Em um trabalho prévio de capacitação, homens e mulheres caiçaras, indígenas e quilombolas tiveram ainda a oportunidade de participar de oficinas de Corte e Costura, de Design e Papel Artesanal, Customização, e Vivência para Fortalecimento da Cadeia Produtiva do Artesanato – tudo como estímulo para a criação de peças do vestuário e objetos de design capazes de unir o fruto das tradições a um olhar diferenciado, mais moderno e voltado para a arte contemporânea, apresentado pelos experientes profissionais convidados.
Também estarão presentes a estilista Lena Santana, a designer Mana Bernardes e a socióloga Nina Braga.

A missão do evento?

Fortalecer o desenvolvimento sustentável a partir da educação ambiental e da conscientização do momento no Planeta.  Incentivar pesquisas e criações que contemplem a conservação do meio ambiente e o respeito  à diversidade cultural  do Brasil.

“Beber na fonte dos saberes e fazeres” das comunidades tradicionais, inovar na forma, gerar renda por meio da economia solidária.

Para maiores informações e incrições, visite http://paratyecofashion.com.br.

Fonte: Site do evento.

Advertisements