Vestidos longos

Um dos itens indispensáveis para o verão, segundo quem dita as tendências, é o vestido longo, mas, em minha opinião, este é um artigo que, se você gosta e/ou faz o seu estilo, não deveria faltar no seu guarda-roupa o ano todo. Prático, bonito, confortável e elegante, ele é capaz de criar a ilusão de uma silhueta esguia e, eu posso jurar que isso é o sonho de muitas de nós, concorda? Engana-se quem pensa que são apenas as mulheres altas que podem tirar grande proveito dos mesmos. As baixinhas podem e devem saber quais os benefícios que a peça pode trazer para a vida delas. Então, vamos às dicas para todos os tipos físicos.

Em relação ao comprimento, o melhor vestido longo é aquele que a barra toca o peito dos pés ou os encobre por completo. Evite usar um vestido que chegue apenas aos seus calcanhares, pois a impressão que irá gerar é a de que está faltando pano.

Vestidos longos para todos os tipos físicos e estilos.

Tome cuidado com as estampas para que elas não gerem mais volume do que o necessário às partes do corpo que você não quer ressaltar. O mesmo deve ser levado em consideração no momento de escolher a cor do vestido, no caso de você optar por um sem estamparia. É sempre bom lembrar que cores claras e vibrantes são capazes de gerar volume e que as cores escuras e opacas ajudam a disfarçar o mesmo. Outra coisa importante a ser lembrada é que pessoas mais cheinhas devem usar estampas médias a grandes e que pessoas mais magras devem optar por estampas pequenas a médias. Tudo em prol do equilíbrio e da proporção.

Mulheres de silhueta retangular devem tomar cuidado para que o vestido não as deixe com o corpo ainda menos curvilíneo. Busque um modelo que seja acinturado. Mulheres de silhueta oval devem tomar o cuidado de não adquirir um modelo de vestido longo que ressalte ainda mais a característica arredondada de determinadas regiões do corpo.

Cuidado com as estampas! Linhas horizontais alargam e verticais alongam!

Se você tem a silhueta de triângulo, evite vestidos longos que possuam alças muito finas. Busque também um modelo que não possua a saia rodada. Mulheres de silhueta de ampulheta devem ter o cuidado de não acabar escondendo a silhueta em um vestido longo, por isso um que seja de um modelo mais reto e levemente acinturado é o ideal.

As mais altas podem usar e abusar de sandálias rasteiras ou de saltos médio a alto. Já as mais baixinhas não podem dispensar o uso de sandálias de salto alto na hora de usar o vestido longo, sob a pena de parecerem centímetros mais baixa.

Ainda tem dúvidas sobre o assunto? Comente, pergunte! Será um prazer ajuda-las.

Até breve.

Anúncios